Blog

Instituto Humsol participa do Primeiro Encontro de Voluntárias em Pato Branco

11 de junho de 2012 - Por:

87Nos dias 1 e 2 de junho representantes do Instituto Humanista de Desenvolvimento Social – Humsol participaram do ”Primeiro Encontro de voluntárias em Pato Branco”. O evento foi organizado pelo Grupo de Apoio a Mama – GAMA, na Casa de Apoio em Pato Branco. Segundo a Presidente do GAMA, Antonieta Chiochetta, o objetivo do encontro é informar os voluntários que apoiam a causa e fortalecer o trabalho na prevenção ao câncer.

O Secretario da Saúde de Pato Branco, Valmir Chiochetta, comenta sobre a importância de manter uma casa de apoio na cidade. “O grupo Gama é a principal instituição no combate ao câncer em Pato Branco e esse espaço é de extrema necessidade para as pessoas que vem do interior ou de cidades vizinhas para fazer o tratamento de quimioterapia e radioterapia”, destaca.

A programação do evento contou com as palestras: O que é minha vida após vencer um problema; Construção e manutenção de sites com André Santin do Instituto Humsol; Palestra Cuidadores da Vida – Empreendedores Sociais junto com a oficina Chaveiro do Bem – Solidariedade e Cidadania, ministradas pela presidente do Instituto Humsol, Tania Mary Gomes e debate com médicos oncologistas.

A palestra de Tania movimentou o evento e promoveu a interação com o público através da Oficina Chaveiro do Bem, na qual cada participante recebeu um kit com as peças e montou seu próprio chaveiro. Ela falou também sobre a importância do trabalho voluntário em pról da causa. “É essencial para a sociedade principalmente por levar informação sobre a prevenção aos que não teriam acesso por outro meio”, resalta. A voluntária do Grupo Gama, Loiri Cauton, comenta que a palestra foi proveitosa. “Tania tem o dom de esclarecer, achei muito original, nos indicou o caminho que devemos seguir como voluntárias”, diz.

Para o Dr. Leonardo Ribeiro, médico oncologista, o grande problema da população é a desinformação. “É de extrema importância falar sobre câncer e poder mostrar que é uma doença curável e que com o diagnostico precoce o tratamento é mais leve”, comenta. Raquel Tyski, voluntária do Instituto Humsol, falou sobre a importância em participar do evento. “É bom estarmos visitando uma instituição que é um exemplo de sucesso e adquirir conhecimento em relação à evolução nos tratamentos de câncer”. Raquel ressalta também que prevenir é mais econômico para o governo do que tratar.

 Por Ana Paula Komar

Posts Relacionados

Comentários

Comentários