Blog

Atleta do Instituto Humsol e CEDAV é Ouro em Aruba

23 de setembro de 2014 - Por:

Esgrimista Isabel é ouro na categoria Infantil e Pré-Veterano e Veterano. Com muito amor dedicação e compromisso pelo que faz Isabel De Geus Monteiro Gomes, atleta do Instituto Humsol e CEDAV, conquistou a medalha de ouro no Campeonato Pan-americano Infantil e Pré-Veterano e Veterano de Esgrima em Aruba. A adolescente de doze anos tem mostrado muita garra nas competições e um ótimo desempenho, entre suas conquistas este ano está o torneio Mario Queiróz de Esgrima Infantil, na modalidade de espada até 13 anos.

Isabel prática esgrima desde 2010, atualmente treina no Círculo Militar e também é atleta da Associação Mestre Kato. Ela destina cerca de 2h30 três vezes na semana para os treinos e quando há proximidade de campeonatos, treina diariamente para se preparar. Izabel conta que gosta da esgrima, pois é um esporte físico e psicológico. “Ele requer muita atenção e raciocínio”, ressalta.

16

Além dos estudos e treinos ela é comprometida com causas sociais e participa do projeto Humsol teen, onde se compromete em levar mensagens sobre os trabalhos da ONG pelos campeonatos a fora. De acordo com o voluntário e coordenador de projetos do Instituto, Nelson Asinelli ela além de ser um exemplo para muitos jovens, estimula aqueles que já fazem parte da equipe Humsol. “Parabéns pela conquista!”, diz Asinelli.

Sobre o Esporte

No Brasil, a esgrima começou no período imperial, principalmente, no emprego do sabre nos corpos de tropa. Em 1858, foi estabelecida a esgrima regimentalmente para os cursos de Infantaria e Cavalaria da Escola Militar de Realengo, havendo, inclusive, a fundação de uma escola de esgrima no Batalhão de Caçadores de São Paulo.

No final do século XIX, surgiu o movimento em prol da esgrima, na Praia Vermelha. Em 1906, por iniciativa do Coronel Pedro Dias de Campos, do Batalhão de Caçadores de São Paulo, foi criado o Curso de Formação em Ginástica e Esgrima. No ano de 1909, foi criado o  curso de esgrima na Escola de Educação Física da Força Pública de São Paulo. Em 1922, foi instituido o Centro Militar de Educação Física, na Vila Militar, Rio de Janeiro, o que incentiva a vinda do mestre d’armas francês Lucien de Merignac e, também, a criação de um núcleo de esgrima no Colégio Militar do Rio de Janeiro, por parte de Valério Falcão, instrutor do estabelecimento.

Em 1927, a Federação Paulista de Esgrima e a Federação Carioca de Esgrima se uniram e criaram a União Brasileira de Esgrima, com o apoio da Liga de Desportos do Exército e da Marinha. A União Brasileira de Esgrima se filiou a Federação Internacional de Esgrima, e, em 1936, o Brasil participa dos Jogos Olímpicos de Berlim. Em 1937, é criado, pelo Exército, o Curso de Mestre d’Armas, único do Brasil e que funciona até os dias de hoje, mantendo-se como o único do país. Após a participação brasileira nos Jogos de Berlim, a equipe de esgrima nunca deixou de participar do diversos eventos que envolvem o esporte.

Posts Relacionados

Comentários

Comentários